Só um desabafo de mãe...

Outro dia me permiti chorar, como há muito tempo não chorava... 

Nem sei bem o motivo.. Se foi frustração, desespero, medo, culpa, remorso.. Há tempos algo tem me incomodado muito.. 

Não consigo prender a atenção do Gu por muito tempo e isso me preocupa. 
Manhã fria e chuvosa, peguei alguns lápis e papéis, sentamos na sua mesinha e comecei a desenhar pra que ele adivinhasse o que era. 

Por mais que me esforçasse para que aquilo fosse atrativo, ele só queria saber de pegar os lápis e jogar no chão, quase que de propósito para me irritar. Ia pra lá, ia pra cá, voltava a jogar.. Tentei bravamente não desistir, como normalmente faço mas aquele sentimento de impotência acabava comigo. Pensei em todas as vezes que tentava ler uma história e ele só se interessava em fechar os livros. "Onde foi que eu errei? Sempre lia quando ele era bebê, não entendo!" Já imaginei o trabalho que ele iria me dar na escola, logo comigo, que fui sempre tão aplicada?! Aquilo fez meus olhos se encherem de lágrimas. E eu as deixei cair, apenas olhando para ele. Quando nossos olhares se cruzaram, ele sorriu, correu por trás de mim, pulou nas minhas costas e me abraçou. Daí sorri e chorei mais. Dessa vez por achar que exigia demais dele e de mim também. Tentei mais uma vez que se interessasse nos lápis e papéis, mais uma vez tudo foi para o chão. Voltei a chorar, agora frustrada... Me deixei chorar até aquele aperto no peito cessar. Às vezes é preciso mesmo fazer isso... Tenho que aceitar que ele tem um jeito de brincar e que não gosta de determinadas coisas. Não é toda criança que gosta de pintar ou de ouvir histórias. Algumas preferem mesmo passar horas jogando bola no corredor de Casa ou arremessar carrinhos de cima do sofá ou escalar árvores ou brincar no escorregador. A maternidade nos ensina que amar é respeitar e aceitar as diferenças.

Foto @lidilopez 
Make/Hair @sandramsoares 
Look Tal Mãe Tal Filho @hkncamisaria 
Tênis @bloganamello 
Sapatenis @keacalcados

Comentários

Instagram

Postagens mais visitadas