Casa Segura para os Primeiros Passos

Olá mamães!
Hoje vim deixar algumas dicas de segurança que foram essenciais por aqui logo nos primeiros passinhos do Gustavo.

Quando os bebês começam a engatinhar e andar, viram exploradores em busca de perigo, então é bom deixar a casa preparada para todo tipo de incidentes e os produtos disponíveis são inúmeros, graças a Deus! 

Será que a sua casa está realmente segura para esses novos exploradores?




BERÇOS SEGUROS
Não deixe objetos como brinquedos, almofadas e protetores no berço quando o bebê aprender a levantar. Eles podem ser usados como degraus para pular a grade. Já falei disso aqui.
Móbiles também precisam ser retirados nessa fase, já que o bebê pode se enroscar ou tentar se pendurar nos bichinhos.
Não deixe o berço encostado na cômoda, pois o bebê poderá se sentir estimulado a subir ali e você irá se deparar com uma cena dessas:

Caso o seu bebê seja um tanto espoleta, pode ser que nenhuma dessas dicas funcione e que ele pule de um berço mesmo que esteja seguro - como fez o Gustavo aqui. Não exite em passá-lo para uma caminha.


CANTOS DOS MÓVEIS
Esses são campeões para cabeçadas. Testa, nuca e supercílios são os mais atingidos. Providenciar centenas ou milhares de cantoneiras de silicone ou EVA é imprescindível. Tem uma infinidade de modelos e cores no mercado e independente do tipo que você escolher saiba que elas só durarão até que seu bebê aprenda a arrancá-las, mordê-las, etc... Daí o motivo para ter centenas delas, ou pelo menos de adesivos extras. Minha sugestão? Compre os modelos transparentes ou na cor dos móveis, assim o bebê vai demorar mais tempo para achá-lo.



BORDAS DOS MÓVEIS
Os protetores de bordas parecem até ser dispensáveis, porém não são! O primeiro acidente do Gu foi aos 6 meses, quando já se aventurava a ficar em pé no rack da TV. Numa dessas, as perninhas falharam e ele caiu, batendo a boca na borda do rack. Resultado? Um corte no freio do lábio superior, muito sangue e uma mamãe morrendo de culpa!


TOMADAS
Não é novidade pra ninguém que tomadas são perigosas e incrivelmente atrativas, né? Parece uma coisa boba de lembrar, mas não é! Providencie protetores para todas as tomadas que estarão ao alcance das mãozinhas ágeis dos bebês. Tem modelos com bichinhos, com puxadores, com chaves.. Prefira os mais difíceis de tirar pois - acredite - eles aprendem a puxar.


PROTETORES DE PORTA [Salva dedos]
Portas batendo dão arrepio em qualquer mãe. Existem vários modelos de protetores para que as portas não batam mas eu, particularmente, prefiro os modelos que não ficam no chão, assim não corre o risco de que o bebê tire do lugar. 


TRAVAS PARA PORTAS, GAVETAS E AFINS
As travas para portas e gavetas são importantíssimas, especialmente para armários com facas, vidros, cortadores e produtos nocivos à saúde do bebê. Por aqui usamos inclusive para segurar a tampa do vaso sanitário [depois de perdermos dois controles remoto] e também a geladeira e a porta do forno. Você pode usar até na porta do box de vidro do banheiro.


FOGÕES LIVRES DE ACIDENTES
Além da trava para a porta do forno, já inventaram protetores para os acendedores e para as panelas também. 


ESCADAS E PISCINAS
Quem tem piscina ou escada em casa não pode bobear. 
Nos EUA é obrigatório que tenha algum tipo de segurança nas piscinas, mesmo que você não tenha crianças em casa. Aqui no Brasil existem duas formas de deixar sua piscina segura - com tela/grade e portão ou com cobertura de lona própria, que aguenta até 3 adultos sobre ela, sem ceder [ela é incrível mesmo, tem na casa do meu pai!]. Existem também alguns dispositivos que funcionam como alarme. Alguns são acionados por sensores de presença para detectar se a criança se aproximar das bordas da piscina, outros por sensores de profundidade, que detectam o menor movimento que a água faça pelo volume e existem ainda as pulseiras que detectam quando entram em contato com a água. Todos eles soam um alarme dentro da casa avisando o perigo.

E falando em água, lembre-se que, mesmo não tendo piscina em casa, uma simples banheira com água esquecida após o banho e uma porta aberta são suficientes para que um acidente potencialmente fatal ocorra. Jamais deixe baldes com água ao alcance das crianças. A curiosidade pode levá-los para dentro!

Para as escadas, existem diversos modelos de portões removíveis fixados por pressão. Embora pareçam eficientes, eu não confio jamais, até porque o Gustavo já derrubou três deles nas casas de amigos! Se quer minha sugestão, instale um portão parafusado na parede/piso/escada, você só vai retirá-lo quando seu bebê crescer mesmo...




Se você ainda tem dúvidas de como deixar sua casa segura, leia o post do Pediatria em Foco que está super completo!

Mantenha sua casa segura já nos primeiros passinhos do seu bebê e curta essa deliciosa fase com tranquilidade!

Comentários

Instagram

Postagens mais visitadas