Uma Carta de Amor ao meu Filho

Não vou mentir... Sempre pensei que um dia, quem sabe, eu poderia morrer.
Seja por doença, acidente, sei lá... Mas nunca me preocupei demais com isso, só pensei mesmo...

Desde o dia em que vi o meu filho pela primeira vez e pude sentir sua respiração na minha pele, a coisa toda mudou...

Eu tenho um jeito próprio de encarar a morte. Pra mim ela não é um fim, só um breve descanso mas... E agora? Eu tenho um filho! Alguém que vai precisar de mim pra sempre, que vai me querer no dia da sua formatura, no dia do seu casamento e quando o seu filho nascer... E se eu não estiver lá?

Não vou mentir... Sempre penso no que poderá ser dele se, por alguma razão, eu não estiver aqui.
Me apavora a mínima chance de ele crescer e ter que dizer "eu não lembro da minha mãe"...

E pensando nisso, pensando muito nisso, decidi gravar esse vídeo como uma declaração do meu amor por ele.. Pra que, se algum dia a vida me tirar de perto dele antes que ele possa se lembrar de mim, fique registrado o quanto ele foi amado pela sua mãe.

Mesmo que isso seja só mais uma daquelas preocupações bobas de uma mãe...

Comentários

Postar um comentário

Instagram

Postagens mais visitadas