5 meses e novas fases!

Olá mamães!

Hoje quero contar pra vocês um pouco sobre os últimos acontecimentos e as novas fases do Gustavo.
Na última segunda-feira ele completou 5 meses.
Como o tempo voou! Quanto ele cresceu... e só com leite materno, uau!!
O Gustavão sempre foi um bebezão e aí, completando 5 meses já estava com 67cm e quase 8,3kg.... Isso quer dizer que ele está no Percentil 75.
Apesar de grandão agora, a pediatra já falou que isso não significa que ele será alto quando for mais velho e que lá pelos 3 aninhos vamos fazer um raio X pra checar a idade óssea [já que o papai teve problemas de crescimento na infância e precisou tomar hormônios].

Quanto ao desenvolvimento motor. Ele começou a sentar mas ainda está bem molinho, cai super rápido, inclusive caiu de cara no deck da varanda esses dias e ralou o nariz... Imagine se eu sofri?!
Ah, e agora ele descobriu os pés. É uma delícia vê-lo agarrando o pézinho e levando até a boca.
Notei também que ele não pára quieto mais... Nem um minutinho, está super ativo.

Agora, sobre o desenvolvimento psicológico, entramos uma fase muito nova [e bem adiantadinho...].
É a famosa "Angústia da separação".
Ela, geralmente, aparece em bebês entre 6 e 9 meses, mas aqui em casa já começamos... É a fase em que o bebê começa a se dar conta de que existe um mundo enorme à sua volta e que a mamãe e ele não são um só corpo, apesar de parecer.
Ao menor passo que eu dou fora do campo de visão ele começa a chorar [e é um choro sofrido, cheio de lágrimas e sentimentos, parece que abandonei para sempre]. Basta ver a mamãe e milagrosamente ele para.
Sabe o que é engraçado? Nessa fase SÓ a mamãe resolve. 
Não adianta que outra pessoa tente acalmar, normalmente não funciona.
Então o jeito é estar bastante presente, dar muito amor e ensiná-lo que a mamãe pode não estar sendo vista, mas ela não foi embora.

Nas minhas pesquisas em blogs e fóruns já li que existem algumas formas de ajudá-los a superar essa fase que pode ser dolorida e angustiante, mesmo!
Brincar de "achou" com uma fralda tampando o rostinho deles ou a mamãe, sair andando mas continuar conversando com eles mesmo de longe [isso, aqui, ainda não funciona, ele sempre chora...] são formas de amenizar a separação dessa fase.

O Gustavo não vai à escolinha e passa as 24h do dia ao meu lado, há 5 meses... Então espero que seja uma fase bem tranquila e que passe rapidinho.

Ah! Esse foi o primeiro mesversário que comemoramos... Agora ele já entende e faz festa, então fazia sentido!
E olha só.. Fizemos um bolo formigueiro bem gostoso, com cobertura de chocolate durinha... hummmmm..
Depois me aventurei a cortar o bolo em formato de 5 e até que ficou legal. Haha!

Bom, hoje é sexta, dia de faxina e tem um bebê grudadinho em mim... Deixe-me correr! Bjs e até mais!

Comentários

  1. Adorei!!!! Aqui o João Pedro vai fazer 4 meses. Já vou me preparando pra tal angústia de separação! Bjs!
    Claudia @vivendonocampo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Instagram

Postagens mais visitadas