Relato de Parto do Gabriel

Olá mamães!

Este é o nosso primeiro relato de parto COMPARTILHADO.
É impossível não chorar com cada relato! 
Lembramos do nosso grande dia e de todos aqueles sentimentos confusos e maravilhosamente deliciosos!

[Se você também quer participar e compartilhar o seu momento é só enviar o seu relato e uma foto para o nosso email mamaedecasa@gmail.com e nós publicaremos!]

Hoje quem escreve é a mamãe do Gabriel
Obrigada querida Ketlyn por compartilhar as suas emoções com todas nós!


Maternidade, um sonho que se torna realidade. 
Ao fechar os olhos consigo lembrar como foi olhar o teste e ver “positivo”, respirei fundo e olhei novamente para ter certeza do que eu estava vendo... é, não me enganei, vou ser mamãe!
Os 9 meses se passaram e nada em minha vida se compara ao que vou contar agora.
Era mais uma quinta-feira, mas essa era muito especial, seria o dia em que conheceria meu filho. Foi o dia mais longo de toda minha vida, não apenas pelo jejum total que tive de fazer, mas porque ao final desse dia estaria com meu bebezinho nos braços.
Ao entrar na rua do hospital meu coração acelerou, é agora, chegamos! Fizemos o check in e fomos para o quarto.
Após chegarmos lá, senti uma tranquilidade muito grande, afinal, agora era só esperar. Nesse dia caiu a maior chuva em São Paulo, porque sem emoção não tem graça, rs... a cidade parada e médicos a caminho, demoraram e enfim chegaram, tudo certo, it's showtime!
Preciso ressaltar, em minha vida profissional, participei do nascimento de vários bebês, sabia exatamente tudo o que iria acontecer, como iria acontecer, e só me preocupava com uma coisa, qual será o apgar dele? Ele vai se respirar sozinho? Vamos lá!
Tudo estava tranquilo, menos o papai, rs... a cirurgia começou e papo vai papo vem, cheiro de churrasquinho para lá e para cá... ouço a médica dizer: - Chegou no útero! É agora!
Um Iphone por favor! Eu tinha que assistir tudo, não queria perder um momento do nascimento do meu pequeno [tenho que agradecer ao Steve Jobs, por criar essa ferramenta, hehehe].
Lá vem uma perninha, e logo em seguida um bumbunzão, o corpinho... e lá esta ele, meu filho!
Nossa, ele nasceu!
Não conseguia pensar em mais nada, só queria olhar para ele, segundos depois ouvi aquele choro, e que choro, é a melhor sinfonia de todas, melhor que qualquer musical que já ouvi!
Lá estava ele, lindo, vermelhinho, rs... perfeito e cabeludo!!! Ao colocarem ele ao meu lado, meu mundo parou, e nesse momento senti muita felicidade e um amor inexplicável!
Suturas terminadas, era hora de finalmente pegar meu bebê. Nos levaram para sala de recuperação e ali bem no silêncio da madrugada, estávamos nós... ah, que cheirinho mais gostoso, que momento especial, como gostaria de viver todos os dias esse primeiro momento, amamentar é o que completa todo o processo, o maior de todos os elos!
Aninhei ele em meus braços e ali ficamos por duas longas horas, só curtindo um ao outro.
Em meu coração sentia algo que não cabia em mim, até doía de tão intenso...
Agora sou mãe!

                          Mamãe Ketlyn do lindo bebezinho Gabriel, 05/12/2013

Comentários

Instagram

Postagens mais visitadas