1 + 1 = 3

Quando a matemática não "fecha" e mesmo assim ficamos completamente felizes! Pois é... { 1 + 1 = 3 }

Já fazia um ano que eu e o maridão não estávamos mais nos prevenindo, meio que [como diz o ditado] deixando "Ao Deus dará"... 
Na segunda semana de fevereiro desse ano fomos assaltados à mão armada bem na rua de casa e ficamos completamente traumatizados. Dois bandidos em uma moto encostaram no nosso carro, bateram muito no meu marido e levaram os nossos iPhones, dinheiro e as alianças... Até aí, são bens materiais que trabalhamos e conseguimos de novo, mas sentimos como se tivessem nos roubado a liberdade, o direito de ir e vir e a nossa tranquilidade. Revoltas à parte, ficamos bem!

Acontece que eu usava um aplicativo no celular pra controlar meus ciclos [aliás, super recomendo.. chama Period Tracker] e não fazia ideia de quando viria minha menstruação no mês de março...

Alguns dias depois passamos por outro susto... Estávamos indo ao aniversário de um amigo, num sábado a noite. De repente começou uma chuva terrível e pegamos uma avenida alagada. Tenho pavor de alagamentos, [já me imagino agarrada num poste enquanto a correnteza leva meu carro!] e quase tive um ataque de pânico nesse dia... Passado o susto, também ficamos bem!

Quando completou um mês da data do assalto, comecei a perceber que a monstra estava atrasada, mas não me preocupei... O nervoso que passamos havia sido tanto que nada mais natural do que atrasar um pouquinho a bendita.

Chegava do trabalho, me largava no sofá e simplesmente desmaiava, só acordando no dia seguinte.. Devorava um melão inteiro numa sentada só... Ia no banheiro a cada 10min.. Mas nem desconfiava que estaria grávida!
Um belo dia me olhei no espelho e meus seios estavam ENORMES... Daí juntei as pecinhas e falei "ops, acho que preciso comprar um teste"..
A tarde comprei um teste na farmácia mas resolvi não fazer e deixar guardado [acho que o 'xixi da manhã' é o mais confiável!].

A noite, voltando pra casa, conversei com o maridão a respeito disso. Estávamos programando um mochilão pela América pra fazer em Janeiro/14 e levantei a possibilidade da gravidez e da mudança de planos... Não falamos mais disso..

Lá pelas 4 horas da manhã acordei com muito enjoo. Um sininho estalou na minha mente [e lá fui eu fazer xixi no copinho]... Em menos de um minuto apareceu aquele +.. 'Caio no chão e me finjo de morta?', 'Pulo de alegria e vou acordar o marido?'.. No momento eu só queria vomitar mesmo... 
Confesso que depois dos primeiros segundos de alegria, bateu aquele desespero, aquela responsabilidade...
Larguei o teste lá, em cima da pia e voltei pra cama em estado de choque... Deitei em posição fetal e não queria falar com ninguém, só 'curtir' meu primeiro enjoo [o primeiro de tantos...]!

A movimentação despertou o marido que levantou e foi apagar a luz do banheiro que eu tinha deixado acesa. Só pensei "puts, ele vai ver...". Não que eu não tivesse gostado da notícia, muito pelo contrário, mas naquele momento só conseguiria abrir a boca se fosse pra colocar o jantar pra fora!

Ele voltou e já falou "Amor, aquilo é um teste de gravidez?" [- Sim].. "Deu positivo?" [- Deu].. 
Claro que ele abriu um sorrisão e eu, bem, eu tentei sorrir também!

Na manhã desse mesmo dia fomos no laboratório fazer o Beta HCG e no dia seguinte já estávamos na primeira consulta do pré-natal, ouvindo aquele coraçãozinho minúsculo bater forte e rápido. 

Estávamos grávidos de 6 semanas e isso queria dizer que eu já estava grávida no assalto e na enchente... Graças a Deus estava tudo bem com o nosso embriãozinho..!! [desculpa pelos sustos, filhão!]


Comentários

Instagram

Postagens mais visitadas